Quanto tempo devemos dormir? E porque dormimos!

Quanto tempo devemos dormir? E porque dormimos!

Olá, meu querido! Está conseguindo dormir?

Hoje vou te mostrar razões poderosas para que você preste muita atenção para as horas que você está dormindo.

Conheço muitas pessoas que não respeitam muito a hora de dormir. Algumas até se orgulham em dizer que dormem tarde e acordam cedo e tudo bem. 

Mas quem diria que a falta de sono pode nos colocar bem pertinho de perigos como a demência, por exemplo.

Mas porque dormimos?

A ciência já encontrou diversos motivos para dormirmos e eu vou resumir aqui os mais fortes deles. 

1- Economizar energia. 

Sono recarrega energias do corpo.

Pesquisas sugerem que 8 horas de sono produzem economia da energia diária em 35%

Isso acontece porque dormir diminui nossas necessidades calóricas (em alimentos), fazendo com que você fique uma parte do tempo “funcionando em baixa potência”.

É como uma máquina, quando ela não está trabalhando não consome muita energia. É exatamente isso o que acontece durante o nosso sono.

2- Fazer concertos nas células

Sono repara as células

O corpo precisa dormir para se restaurar. 

O sono permite que as células se reparem e cresçam novamente. É como se durante o sono seu corpo fosse um carro passando por uma revisão. Reparando tudo para a “viagem” do dia seguinte.

Isso acontece por 4 motivos importantes

  1. Reparo muscular – Reparo nos músculos do corpo que foram lesados durante o dia.
  2. Síntese proteica – O que repara o corpo, principalmente o DNA.
  3. Crescimento de tecido – Crescimento de tudo o que foi danificado como a pele ou órgãos internos, por exemplo.
  4. Liberação de hormônios – De vários tipos, como os que regulam a fome, o peso e o humor. 

3- Dormir faz o cérebro funcionar

limpeza do cérebro
detox do cérebro

Quando você dorme o cérebro faz uma limpeza de resíduos no sistema nervoso central.

Sim, ele faz uma limpeza tirando substâncias tóxicas que se acumulam ao longo do dia.

Além dessas substâncias ele também elimina memórias que estão sobrando, as lembranças que são desnecessárias como “a cor da maquiagem da fulana na terça-feira de 1990”.

Fazendo isso ele abre espaço para memórias importantes como a senha dos seus cartões por exemplo.

Essa limpeza tem vários benefícios como a melhoria de:

  • Aprendizado;
  • Memória;
  • Capacidade de resolver problemas;
  • Criatividade;
  • Capacidade de tomar decisões;
  • Foco;
  • E concentração.

4- Dormir regula as emoções 

Sim, o sono pode dizer como fica sua saúde emocional.

Dormir bem diminui sustos.

Cientistas analisaram que durante o sono a atividade do cérebro aumenta em regiões que regulam as emoções. 

Ou seja, o sono estabiliza os nossos sentimentos

amígdala é uma parte do cérebro que ajuda a entendermos isso. 

Essa parte do nosso cérebro é a responsável pela nossa reação ao medo. Como quando você enfrenta uma ameaça. 

Se você dormir todas as horas de que o corpo precisa a amígdala reage de maneira mais calma em relação ao medo, sem reações muito exageradas.

E veja que interessante:

A saúde mental e o sono estão muito ligados!

Sim, os distúrbios do sono podem desencadear doenças mentais e o contrário também é possível.

folhas-separação folhas-separação folhas-separação
folhas-separação folhas-separação folhas-separação

5- Dormir ajuda na manutenção de peso 

O sono afeta sim seu peso porque ele controla os hormônios da fome que são: 

  • grelina que aumenta o apetite. 
  • E a leptina que faz você se sentir satisfeito depois de comer. 

A falta de sono eleva a grelina e diminui a leptina…

É esse desequilíbrio te deixa com mais fome o que te faz engordar

Segundo o site médico americano healthline: 

“Pesquisas recentes mostram que a privação crônica de sono, mesmo apenas cinco noites consecutivas de sono curto, pode estar associada a um risco aumentado de: 

  • Obesidade 
  • Síndrome metabólica 
  • Diabetes tipo 2” 

O quanto eu preciso dormir?

A quantidade de sono recomendada depende da sua idade.

Quantas horas devo dormir.

Também varia de pessoa para pessoa, mas o Centro de Controle e Prevenção de Doenças nos Estados Unidos, sugere as seguintes durações com base na idade: 

  • Do nascimento aos 3 meses: 14 a 17 horas 
  • 4 a 12 meses: 12 a 16 horas por 24 horas, incluindo cochilos 
  • 1 a 2 anos: 11 a 14 horas, incluindo cochilos 
  • 3 a 5 anos: 10 a 13 horas, incluindo cochilos 
  • 6 a 12 anos: 9 a 12 horas 
  • 13 a 18 anos: 8 a 10 horas 
  • 18 a 60 anos: 7 ou mais horas
  • 61 a 64 anos: 7 a 9 horas 
  • 65 anos e mais velhos: 7 a 8 horas 

Basicamente, se você quer viver bem é bom que esteja dormindo bem também!

A dor física pode ser o motivo para os problemas de sono. Veja aqui embaixo como a Letícia conseguiu fazer com que sua mãe dormisse tranquila de novo.

Bibliografia

Paulo-Santos
Sobre o Autor

Sou a Estrella! Geminiana e fruto dos anos noventa. Formada em design gráfico pela FMU e aspirante a gestora de conteúdo.
Minha paixão por pesquisa científica sempre foi gigante e como comunicadora tornar o blá blá blá em informação acessível foi uma das muitas coisas que aprendi durante minha carreira. Sendo filha e irmã de profissionais da saúde o bem-estar é tema constante e que aplico no meu dia a dia.